Translate

domingo, maio 10, 2009

MAIS UM

Mais um

Fernando Lugo: terceira mulher diz ter filho do ex-bispo e presidente do Paraguai

Publicada em 22/04/2009 às 16h53m
O Globo
Agências internacionais

RIO - Uma terceira mulher afirmou publicamente que teve uma relação amorosa com presidente do Paraguai, Fernando Lugo, quando ele ainda era bispo, informa o site "LíneaCapital". A diferença para as outras mulheres é que esta já teria afirmado que não pretende gerar nenhum conflito e não fará nenhuma demanda contra o ex-bispo, já que a criança, de 2 anos, foi fruto de uma "entrega total". Nos últimos dias, duas mulheres foram aos jornais afirmando que tiveram relações com o então bispo e atual presidente.

O suposto terceiro filho do presidente paraguaio seria fruto do caso com Damiana Hortensia Morán Amarilla, de 39 anos, professora e dirigente social, que diz respeitar muito o líder e não querer nada dele.

Você acha que o presidente do Paraguai merece receber punição?

"Eu acredito que ele suspeitava, mas não podíamos nos encontrar nem nada por conta do processo político", disse a mulher.

Damiana é professora, diretora de uma creche e coordenadora geral do movimento Mobilização da Cidadania Paraguaia em Ação. Ela conheceu Lugo em um momento em que se formavam organizações para lançar o ex-bispo no mundo político.

A mulher é divorciada e tem outros dois filhos, de 20 e 21 anos. Ela sempre sonhou em ter outro filho, mas "nunca" imaginou que fosse dessa maneira. Segundo o jornal "ABC Color", o menino se chama Juan Pablo em homenagem ao Papa João Paulo II. Ela afirmou que decidiu contar a verdade publicamente "porque há grandes interesses de grupos mafiosos que querem mentir e desviar" a atenção do processo que vive seu país.

"Por isso quero falar deste grande amor. Jesus Cristo disse que a arma mais poderosa e a que transforma é o amor. Compreendo a situação e as circunstâncias e por isso não peço absolutamente nada".

Na terça-feira, o advogado de Lugo não conseguiu chegar a acordo com a segunda mulher que reivindicou a paternidade de Lugo. O presidente se dispôs a realizar exame de DNA, mas pediu que o caso fosse tratado no âmbito privado. Ela não gostou e já confirmou sua decisão de apresentar uma denúncia nos tribunais paraguaios.
                                            "   UM BISPO DO CAPETA OU DO CASSETE  ?          "                                                                      opnião ----                         tavares -falatudo