Translate

segunda-feira, novembro 19, 2012

" Se é para ser preso eu prefiro morrer " . Para cada tragedia , uma MUDANÇA !




   No dia 20 de janeiro de 2012 , um homem chega ao HOSPITAL SANTA LÚCIA , em Brasilia  com principio de INFARTE , a direção do HOSPITAL , exige  que um dos acompanhantes   deixe um " CHEQUE -CAUÇÃO " ( Cheque ou Promissória , que garanta o recebimento de valores a titulo de despesas decorrentes da internação do paciente no estabelecimento hospitalar ) . Não conseguindo o CHEQUE -CAUÇÃO , o HOSPITAL SANTA LÚCIA , não atendeu o paciente , que MORREU DE INFARTO . 
   O paciente que morreu chamava-se , Duvanier Paiva  Ferreira , de 56 anos ,  SECRETARIO DO PLANEJAMENTO  , MINISTÉRIO do PLANEJAMENTO .
    
    No dia 9 de maio de 2012 o plenário do SENADO aprovou o projeto de lei que torna crime a exigência de "CHEQUE - CAUÇÃO " .    Em menos de 4 meses os POLÍTICOS  CANALHAS votaram um projeto lei que estava ENGAVETADO deste 2003 , foi preciso que um dos membros desse governo CORRUPTO morresse  para que o projeto de lei fosse aprovado com URGÊNCIA .  Sim meus  queridos esse projeto estava pronto deste 2003 , quantas pessoas morreram por não ter o  "CHEQUE - CAUÇÃO ", e ninguém ficou sabendo . O próprio SECRETARIO do PLANEJAMENTO Duvanier Paiva , não teria morrido , caso os POLÍTICOS CANALHAS  de BRASILIA , tivessem aprovado  em 2003  a RESOLUÇÃO Nº 44 DA AGÊNCIA  NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR .
LEIAM ; 



DA RESOLUÇAO N. 44 DO AGENCIA NACIONAL DE SAUDE SUPLEMENTAR

Inicialmente, é importante considerar que, embora muitos defendiam a ilegalidade da exigência de cheque caução, até a edição da Resolução n. 44 da Agência Nacional de Saúde Suplementar inexistia qualquer norma proibitiva expressa quanto a exigência desse documento.
Está em tramitação no Congresso Nacional um Projeto de Lei de nº 6389/02 propondo a alteração da legislação em vigor para proibir a exigência do cheque caução na contratação estabelecida entre entidades hospitalares e pacientes acobertados por planos de saúde.
Na esteira dessa discussão, a Agência Nacional de Saúde Suplementar editou em 24 de julho de 2003 a RESOLUÇÃO Normativa n. 44, cuja redação transcreve-se a seguir:
"RESOLUÇÃO NORMATIVA-RN Nº 44, DE 24 DE JULHO DE 2003
Dispõe sobre a proibição da exigência de caução por parte dos Prestadores de serviços contratados, credenciados, cooperados ou referenciados das Operadoras de Planos de Assistência à Saúde.
A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS, no uso das atribuições que lhe confere o inciso VII do art. 4º da Lei n.º 9.961, de 28 de janeiro de 2000, considerando as contribuições da Consulta Pública nº 11, de 12 de junho de 2003, em reunião realizada em 23 de julho de 2003, adotou a seguinte Resolução Normativa e eu, Diretor-Presidente, determino a sua publicação.
Art. 1º Fica vedada, em qualquer situação, a exigência, por parte dos prestadores de serviços contratados, credenciados, cooperados ou referenciados das Operadoras de Planos de Assistência à Saúde e Seguradoras Especializadas em Saúde, de caução, depósito de qualquer natureza, nota promissória ou quaisquer outros títulos de crédito, no ato ou anteriormente à prestação do serviço.
Art. 2º Fica instituída Comissão Especial Permanente para fins de recepção, instrução e encaminhamento das denúncias sobre a prática de que trata o artigo anterior.
§ 1º As denúncias instruídas pela Comissão Especial Permanente serão remetidas ao Ministério Público Federal para apuração, sem prejuízo das demais providências previstas nesta Resolução.
§ 2º Os processos encaminhados ao Ministério Público Federal serão disponibilizados para orientação dos consumidores no site da ANS, www.ans.gov.br .
Art. 3º A ANS informará à operadora do usuário reclamante quanto às denúncias relativas a prestador de sua rede, bem como a todas as demais operadoras que se utilizem do referido prestador, para as providências necessárias.



         
                 Para nós  cidadãos contribuintes obter algumas melhorias sempre tem que acontecer de alguma forma uma tragedia , mas  nessa tragedia tem que ter entre os mortos e feridos ao menos um membro desse governo CORRUPTO , imediatamente ás mudanças acontecem . E a tragedia aconteceu , não para nós contribuintes , mas para essa ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA que governa o BRASIL . 
        E prepare-se para uma nova mudança que está para vir , essa mexeu com o alto escalão dos PTralhas , com os BANDOLEIROS da REPUBLICA TUPINIQUIM .  O Ministro da Justiça  , José Eduardo Cardoso ( PTralha ) , nesta terça-feira  13 de novembro ,disse que  não suportaria viver nas prisões brasileiras , em bom som  para todos ouvirem  :  
   " Nós temos um sistema prisional medieval , que não é só violador de direitos humanos . Ele não possibilita aquilo que é mais importante em uma sanção penal , que é a reinserção social . Eu vou lhes falar , do fundo do meu coração ; se fosse para cumprir muitos anos em algumas prisões nossas eu preferia morrer . É minha opinião pessoal " .
     
   Em 10 anos de governo CORRUPTO dos PTralhas , nunca se importaram com os presos . Os presídios do BRASIL são verdadeiros BARRIS de PÓLVORAS , esperam apenas que um maluco qualquer acenda o PAVIO  .     É , mais agora o nosso ministro da justiça vai mudar os nossos presídios , os preso tratados com dignidade , as celas ficaram em condições humanas , nunca mais super lotadas , talvez consigam ter em suas celas , televisão , computador , celular  e outras mordomias , tudo isso para reinserção social dos nossos preso . 
   Porque Ministro José Eduardo Cardoso , essa indignação agora com os presídios brasileiros ? 
   Porque só depois de 10 anos os PTralhas  declaram-se pasmo com o sistema prisional brasileiro , a ponto de um Ministro da Justiça  querer a própria morte á cumprir pena em presidio  ?
    Essas perguntas são facilmente respondidas , e acreditem não podemos ficar surpreendidos  .  Os  BANDOLEIROS PTralhas nunca imaginaram que o julgamento do MENSALÃO  , condenaria a CÚPULA  dessa ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA que chamamos de PTralhas , jamais passou pela cabeça de seus "CUMPANHEIROS "  que eles passariam uma boa temporada nos presídios brasileiros         , talvez agora possamos  compreender a indignação do Ministro José Eduardo Cardoso . 
    O Ministro da Justiça não está indignado com ás ações que foram praticadas por seus " CUMPANHEIROS " PTralhas  , ao ROUBAR , ASSALTAR OS COFRES PÚBLICOS, FORMAR QUADRILHAS , CORROMPER ÁS INSTITUIÇÕES  DO BRASIL , não meus queridos  ,á indignação do Ministro José Eduardo Cardoso , é com os presídios  pois é neles que seus "CUMPANHEIROS " PTralhas passarão algum tempo de molho ,PRESOS  . 
 

 SE LIGA BRASIL 
POLITICO BOM É POLITICO PRESO