Translate

sexta-feira, dezembro 31, 2010

Ministros da Dilma- Iriny lopes


Iriny Lopes; Políticas para Mulheres.
Deputada federal ,com ação na área de Direitos Humanos .

Ministra Iriny Lopes de Dilma defende aborto

Ministra petista diz: “Não dá para obrigar mulher a ter filho”.
(Por Julio Severo) – O governo de Dilma, a mulher que nunca renunciou ao seu terrorismo do passado, mal começou e o aborto já vira prioridade. De acordo com reportagem do jornal esquerdista Folha de S. Paulo, a nova ministra Iriny Lopes, escolhida por Dilma Rousseff para tratar das questões das mulheres, vai ter como preocupação defender exatamente aquilo que quase derrotou Dilma na eleição presidencial e aquilo que Dilma se comprometeu a não promover: o aborto.
“Não vejo como obrigar alguém a ter um filho que ela não se sente em condições de ter. Ninguém defende o aborto, é respeitar uma decisão que, individualmente, a mulher venha a tomar.” Essa é a posição pessoal declarada pela atual deputada federal pelo PT do Espírito Santo e futura ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Iriny Lopes, 54.
A informação é de entrevista de Johanna Nublat publicada na edição desta segunda-feira da Folha (íntegradisponível para assinantes do jornal e do UOL).
Iriny tem histórico de militante dos direitos humanos e sua declaração toca num dos pontos mais explorados durante a disputa eleitoral. Para ela, o papel do governo federal na questão é cumprir a lei, e cabe ao Congresso definir políticas públicas.
O tema consta em programa do PT do início do ano. A futura presidente Dilma Rousseff, porém, se disse contrária a mudanças na legislação -que prevê o aborto apenas em caso de estupro ou risco à saúde materna.
Leia trechos da entrevista:
A sra. fala sobre o aborto?
Sim. Temos a responsabilidade no zelo da saúde pública, dentro da lei, de não permitir nenhum risco às mães.
A sra. tem uma posição pessoal sobre o assunto?
Minha posição é que temos que ter muitas políticas de prevenção e de esclarecimento. Agora, eu não vejo como obrigar alguém a ter um filho que ela não se sente em condições de ter. “Ah, é defesa do aborto…”
Ninguém defende o aborto, trata-se de respeitar uma decisão que, individualmente, a mulher venha a tomar.
Leia a reportagem completa na Folha desta segunda-feira, que já está nas bancas.
É impressionante. Em plena estação de Natal, época de pensar no bebê Jesus, e os petistas só estão pensando em aborto e derramamento de sangue!
Fonte: O Verbo / www.juliosevero.com
********************************************************************
Izabela Teixeira ; Meio Ambiente.
Atual ministra , é funcionaria de carreira do Ibama .
***********************************************************************
Jorge Hage; Controladoria  Geral da União ( CGU)
É o atual ocupante da pasta que tem status de ministro . 
*************************************************************************

José Eduardo Cardozo; Ministro da Justiça.
Foi um dos coordenadores da campanha de Dilma não sei de nada .

Por que José Eduardo Cardozo quer se passar por político honesto, já que ele é igual a todos que ele crítica?

José Eduardo Cardozo divulgou carta no começo do mês na qual anuncia sua desistência da vida parlamentar, reclama do atual sistema político, com campanhas caríssimas e da "banalização da ideia de que todo político é desonesto".

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasi…

Leiam sobre ele abaixo, onde o nome dele é mencionado na Operação Satiagraha.

"O deputado federal José Eduardo Cardozo, secretário-geral do Partido dos Trabalhadores (PT), também teria usado seu cargo de parlamentar para interceder pelo banqueiro Dantas: uma troca de correspondências entre executivos da Brasil Telecom, quando ainda sob gestão do Opportunity, comprova que o deputado federal José Eduardo Cardozo (PT-SP), também usou prerrogativas de seu mandato para defender interesses do banqueiro Daniel Dantas.

Nove dias depois do pedido de ajuda feito por Cardozo, a BrT contratou, no dia 26 de agosto de 2004, o advogado amigo do ex-ministro José Dirceu Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, por R$ 5,3 milhões, para prestar "serviços de assessoria jurídica na condução e acompanhamento" . Uma auditoria conduzida pela BrT não conseguiu localizar nenhum elemento concreto de que Kakay tenha efetivamente prestado algum serviço de "assesoria", muito menos que justificasse o recebimento de 5,3 milhões de reais." 
***********************************************************************************************
José Elito Siqueira cuidará da segurança presidencial


José Elito Siqueira ; Segurança Intitucional
Foi o comandante da Missão da ONU no Haiti.
***********************************************************************************************
Leônidas Cristino ; Ministro dos Portos .
Era prefeito de Sobral (CE). Foi indicado por Ciro e Cid Gomes (PSB).
*********************************************************************************************
SE LIGA BRASIL POLÍTICO BOM É POLÍTICO PRESO