Translate

terça-feira, setembro 22, 2015

Arrastão no Rio de Janeiro- O CARIOCA É REFÉM DE BANDIDOS MIRINS .





Copacabana cheia
Bom e domingo mesmo
Dias de sol
Vem alegrar o nosso dia
Mesmo mar azul quando azul
Vem deixar meus amores



 Copacabana princesinha do mar ,cartão postal do Rio de Janeiro ,sofre sempre quando se aproxima da primavera, a temperatura chega aos 40 graus  . Os finais de semana que poderia ser de paz, tranquilidade com a família ,banhando-se no mar com uma das vistas mais lindas do mundo ,virou sonho para CARIOCAS,FLUMINENSES e os TURISTAS que amam essa praia ,cantada em versos em todo o mundo e em companhia do nosso querido poeta Carlos Drummond ,que fica quietinho observando a  primeira maravilha do mundo:




Domingo 20 de setembro os frequentadores , turistas  e moradores de Copacabana ,assistiram na praia e nas ruas do bairro os chamados ARRASTÕES .
*Arrastão é uma tática de roubo coletivo urbano


 Uma turista inglesa chorou diante das câmeras ,espancaram o irmão e levaram celular e seu dinheiro ,aos prantos disse que "NUNCA MAIS EU VOLTO AQUI."
     Esse grupos são formado por adolescentes do subúrbio que se organizam de 30 á 40 para praticar furtos : 










Cinegrafista da Globo registrou arrastões acontecendo entre as prais do Arpoador e Ipanema (Foto: Reprodução / TV Globo)


 Eles chegam de ônibus.


 Não pagam passagem ,apenas com o calção de banho ,aterrorizam passageiros se drogam dentro do coletivo,o motorista nada pode fazer. 
 Assistam o vídeo e ouçam o policial ;





 A policia Militar ,estava conseguindo impedir que esses marginais chegassem até a praia realizando revistas e abordando suspeitos ,jovens adolescentes  que na sua maioria sai de sua comunidade  apenas de calção de banho sem levar um dinheiro para comer ,beber ou pagar sua passagem no coletivo . 



  
  O secretario de segurança pública José Mariano Beltrametedo , solicitou ás autoridades(?) ,governador e prefeito que atuem em conjunto para deter esses adolescentes e menores que cometem delitos nas ruas e nas praias ,todos foram unanimes em afirmar que a questão de segurança é da POLICIA MILITAR .
A promotoria Pública do estado se manifestou dizendo que não poderia ter prisão sem flagrante e que os suspeitos deveriam ser MONITORADOS PELA POLICIA MILITAR .



 Temos uma vasta área de areia ocupada por banhistas nos finais de semana ,e grupos de adolescentes MARGINAIS que circulam entre esses banhistas praticando roubo.
Quando a vitima reage ao assalto os membros desses grupos ESPANCAM A VITIMA e correm em várias direções .Para MONITORA-LOS a policia militar tem que pedir verba ao governo estadual e criar uns 10 BATALHÕES na orla ,talvez assim consigam MONITORA-LOS .

No início do mês de setembro , Beltrame ,ordenou que a policia passa-se a fazer BLITZ nas principais entradas do bairro de Copacabana ,no primeiro final de semana foram presos 125 adolescentes e menores todos levados para a Delegacia do menor e adolescente. Na delegacia os policiais pediram a presença dos pais desses adolescentes e menores presos ,essa é a parte interessante ,dos 125 presos ,apenas 5  foram buscar seus filhos ,os outros 120 foram soltos atendendo uma ordem judicial da DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO .
 No dia 11 de setembro o juiz  Pedro Henrique Alves ,da 1ª Vara de Infância da Juventude e do Idoso da capital , PROIBIU  à policia militar de prender adolescentes a caminho da praia sem flagrantes. 




 A decisão veio depois de um pedido feito pela DEFENSORIA PÚBLICA estadual . 
 Na quarta feira 16 de setembro a policia militar prendeu 24 adolescente entre eles estavam menores com uniformes escolares ,com eles foram encontrados 3 CORDÕES DE OURO ,a DEFENSORA PÚBLICA Eufrásia de Souza ,estava na delegacia para proteger a integridade dos adolescentes MARGINAIS ,acompanhe a reportagem do portal G1 e tirem suas conclusões ;


Mas há uma polêmica em torno na apreensão desses menores, segundo a defensora pública Eufrásia de Souza, que diz que eles não poderiam ter sido levados para a delegacia. Mesmo pegos com joias que não sabiam explicar a procedência.
“Vamos informar isso ao juiz da infância, num habeas corpus onde foi concedida a ordem que impedia a apreensão de adolescentes que não fosse em flagrante de ato infracional ou que tenha ordem judicial de apreensão”, disse a defensora.
Segundo ela, mesmo diante dos depoimentos dos PMs, do motorista do ônibus e de um motorista de táxi que denunciou aos policiais a ação dos menores, os PMs deveriam ter conduzido os menores à delegacia somente dos jovens que estavam com algum objeto apontado como produto de roubo.
“Vimos adolescentes na delegacia chorando, com 16, 17 anos de idade, que não tinham motivo algum para serem conduzidos à delegacia e até crianças de 11 anos, nessa abordagem de 24 adolescentes. Eles estavam dentro do ônibus há horas, quando chegamos à delegacia, num calor insuportável. A situação era realmente dramática”, disse defensora. 






 Essa decisão do Juiz Pedro Henrique Alves e da Defensora Pública Eufrásia de Souza , fez surgir uma outra onda de violência ,à de grupos de jovens que não estão suportando a incapacidade dos órgãos públicos de lidar com esses adolescentes MARGINAIS que saem da sua comunidade para praticar ASSALTOS nos bairros de Copacabana ,Ipanema e Leblon . Os moradores cansados resolveram criar MILICIAS para combater esse tipo de crime. 






POLICIA.



Dizem que ela existe
Prá ajudar! 
Dizem que ela existe
Prá proteger!
Eu sei que ela pode
Te parar!
Eu sei que ela pode
Te prender!...


 É A QUE TEMOS ,ENTÃO VAMOS AJUDA-LA !