Translate

domingo, janeiro 15, 2012

Nióbio , á riqueza do BRASIL nas mãos dos PTralhas !


Não podia deixar de compartilhar com os amigos essa postagem que me chegou através da Usina de Letras  do amigo virtual Félix Maier  .  Essa postagem nos alerta para o GRANDE ROUBO QUE OS PTRALHAS ESTÃO COMETENDO  CONTRA A NAÇÃO  , E NÃO ENCONTRAMOS  VOZ PARA DEFENDER OS INTERESSES DO PAÍS NEM MESMO NAS FORÇAS ARMADAS DO BRASIL , enquanto os LOBOS comem , o povo DORME . 




Nióbio, o metal que só o Brasil fornece ao mundo. Uma riqueza que o povo brasileiro desconhece, e tudo fazem para que isso continue assim.

Recebemos  do comentarista Mário Assis Causanilhas este artigo sobre o nióbio, sem a menção do órgão de comunicação, site ou blog de onde foi extraído. Por sua importância, decidimos postá-lo aqui na Tribuna da Imprensa, para conhecimento de nossos comentaristas e leitores. (Carlos Newton, editor do blog)
Júlio Ferreira

A cada vez mais no dia-a-dia, o tema é abordado em reportagens nas mídias escrita e televisiva, chegando a já ser alarmante. Como é possível que metade da produção brasileira de nióbio seja subfaturada “oficialmente” e enviada ao exterior, configurando assim o crime de descaminho, com todas as investigações apontando de longa data, para o gabinete presidencial?
Como é possível o fato do Brasil ser o único fornecedor mundial de nióbio (98% das jazidas desse metal estão aqui), sem o qual não se fabricam turbinas, naves espaciais, aviões, mísseis, centrais elétricas e super aços; e seu preço para a venda, além de muito baixo, seja fixado pela Inglaterra, que não tem nióbio algum?
EUA, Europa e Japão são 100% dependentes do nióbio brasileiro. Como é possível em não havendo outro fornecedor, que nos sejam atribuídos apenas 55% dessa produção, e os 45% restantes saíndo extra-oficialmente, não sendo assim computados.
Estamos perdendo cerca de14 bilhões de dólares anuais, e vendendo o nosso nióbio na mesma proporção como se a Opep vendesse a 1 dólar o barril de petróleo. Mas petróleo existe em outras fontes, e o nióbio só no Brasil; podendo ser uma outra moeda nossa. Não é uma descalabro alarmante?
O publicitário Marcos Valério, na CPI dos Correios, revelou na TV para todo o Brasil, dizendo: “O dinheiro do mensalão não é nada, o grosso do dinheiro vem do contrabando do nióbio”. E ainda: “O ministro José Dirceu estava negociando com bancos, uma mina de nióbio na Amazônia”.
Ninguém teve coragem de investigar… Ou estarão todos ganhando com isso? Soma-se a esse fato o que foi publicado na Folha de S. Paulo em 2002: “Lula ficou hospedado na casa do dono da CMN (produtora de nióbio) em Araxá-MG, cuja ONG financiou o programa Fome Zero”.
As maiores jazidas mundiais de nióbio estão em Roraima e Amazonas (São Gabriel da Cachoeira e Raposa – Serra do Sol), sendo esse o real motivo da demarcação contínua da reserva, sem a presença do povo brasileiro não-índio para a total liberdade das ONGs internacionais e mineradoras estrangeiras.
Há fortes indícios que a própria Funai esteja envolvida no contrabando do nióbio, usando índios para envio do minério à Guiana Inglesa, e dali aos EUA e Europa. A maior reserva de nióbio do mundo, a do Morro dos Seis Lagos, em São Gabriel da Cachoeira (AM), é conhecida desde os anos 80, mas o governo federal nunca a explorou oficialmente, deixando assim o contrabando fluir livremente, num acordo entre a presidência da República e os países consumidores, oficializando assim o roubo de divisas do Brasil.
Todos viram recentemente Lula em foto oficial, assentado em destaque, ao lado da rainha da Inglaterra. Nação que é a mais beneficiada com a demarcação em Roraima, e a maior intermediária na venda do nióbio brasileiro ao mundo todo. Pelo visto, sua alteza real Elizabeth II demonstra total gratidão para com nossos “traíras” a serviço da Coroa Britânica. Mas, no andar dessa carruagem, esse escândalo está por pouco para estourar, afinal, o segredo sobre o nióbio como moeda de troca, não está resistindo às pressões da mídia esclarecida e patriótica.

7 comments to Nióbio, o metal que só o Brasil fornece ao mundo. Uma riqueza que o povo brasileiro desconhece, e tudo fazem para que isso continue assim.
        Francisco Coracir Brasília-DF
abril 20th, 2011 at 13:12
Caro jornalista,
Não precisa acreditar nas palavras do senhor Júlio Ferreira.
Basta pegar uma mapa de geologia do Brasil (tem disponível na internet. Ou compre um livro mesmo!) e colocasr sobre outro mapa do Brasil que mostre a posição das reservas indígenas!
Você verá que essas reservas e as jazidas minerais mais importantes ficação sobrepostas…
Eu mesmo fiz a experiência, confirmando que os nossos índios ESTÃO MAIS INTERESSADOS NO SUBSOLO DO QUE EM TERRAS!
Abraços.
     jo
abril 20th, 2011 at 13:51
Ora, que esperar de um pelego de sindicato? Um arroto de bêbado como presidente faria o que? Se fosse a oposição, os vagabundos burgueses da UNE, MST e CUT estariam nas ruas querendo derrubar o governo!!
     José Antonio
abril 20th, 2011 at 14:40
Isso é do tempo do Lula. E agora, continua? Aliás quem é Julio Ferreira? Qual a fonte? Midia escrita e televisiva é muito vago. Só se ele considera esses blogs que qualquer um faz como mídia.
     josé ranulpho tostes
abril 20th, 2011 at 15:29
Esse assunto merece ser bem estudado.Os números que encontrei,citam cerca de 350 ONGs estrangeiras atuando na Amazônia.Nenhuma no nordeste.É muita ONG para pouco índio.Que casualmente estão sobre grandes reservas minerais.
Estamos indefesos.
     Paulo Peres
abril 20th, 2011 at 16:19
Além do NIÓBIO, principal matéria prima para o
funcionamento de computadores, temos tudo de que o mundo precisa e que nele está em extinção: água, petróleo, clima favorável o ano inteiro para plantação, etc. Razão pela qual, existem várias ONGS querendo ajudar o índio no pais, mormente, na Amazônia onde o poeta explica melhor neste versos.

SAGA DA AMAZÔNIA
(Vital Farias)

Era uma vez na Amazônia a mais bonita floresta
mata verde, céu azul, a mais imensa floresta
no fundo d’água as Iaras, caboclo lendas e mágoas
e os rios puxando as águas

Papagaios, periquitos, cuidavam de suas cores
os peixes singrando os rios, curumins cheios de amores
sorria o jurupari, uirapuru, seu porvir
era: fauna, flora, frutos e flores

Toda mata tem caipora para a mata vigiar
veio caipora de fora para a mata definhar
e trouxe dragão-de-ferro, pra comer muita madeira
e trouxe em estilo gigante, pra acabar com a capoeira

Fizeram logo o projeto sem ninguém testemunhar
pra o dragão cortar madeira e toda mata derrubar:
se a floresta meu amigo, tivesse pé pra andar
eu garanto, meu amigo, com o perigo não tinha ficado lá

O que se corta em segundos gasta tempo pra vingar
e o fruto que dá no cacho pra gente se alimentar?
depois tem o passarinho, tem o ninho, tem o ar
igarapé, rio abaixo, tem riacho e esse rio que é um mar

Mas o dragão continua a floresta devorar
e quem habita essa mata, pra onde vai se mudar???
corre índio, seringueiro, preguiça, tamanduá
tartaruga: pé ligeiro, corre-corre tribo dos Kamaiura

No lugar que havia mata, hoje há perseguição
grileiro mata posseiro só pra lhe roubar seu chão
castanheiro, seringueiro já viraram até peão
afora os que já morreram como ave-de-arribação
Zé de Nata tá de prova, naquele lugar tem cova
gente enterrada no chão:

Pos mataram índio que matou grileiro que matou posseiro
disse um castanheiro para um seringueiro que um estrangeiro
roubou seu lugar

Foi então que um violeiro chegando na região
ficou tão penalizado que escreveu essa canção
e talvez, desesperado com tanta devastação
pegou a primeira estrada, sem rumo, sem direção
com os olhos cheios de água, sumiu levando essa mágoa
dentro do seu coração

Aqui termina essa história para gente de valor
prá gente que tem memória, muita crença, muito amor
prá defender o que ainda resta, sem rodeio, sem aresta
era uma vez uma floresta na Linha do Equador…

Fonte: LP Sagas Brasileiras
     Judith Imbassahy
abril 20th, 2011 at 17:01
O NIÓBIO É NOSSO ! ESSAS TERRAS CHAMADAS RICAS ! Os estrangeiros irão levar toneladas, como sempre, e nós aqui, com cara de ” Sá Mariquinha, cadê o frade ?”
     josé ranulpho tostes
Para quem duvida da importância do Nióbio,o Wikileaks demontra que não.Um memorando de Hillary Clinton,cita as minas de Araxá(grupo Moreira Sales;essa mina supre o mundo.Outras reservas são de Catalão,Goiás e Raposa Serra do Sol)como um das 300 locais de maior interesse estratégico no mundo(para os Est. Unidos).Nem o pré sal foi mencionado.http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2010/12/07/wikileaks-locais-no-brasil-estrategicos-para-os-eua-347079.asp
Questão importantíssima para quem puder investigar.


  SE LIGA BRASIL 












Os ptralhas estão nos roubando