Translate

terça-feira, abril 19, 2011

MST - EXERCITO VERMELHO



                                                   

                          Nesta ultima  terça-feira 19/ 04/011  o  Movimento dos sem terra , levantou acabamento do Centro Administrativo da Bahia ( CAB) .  Durante uma semana o" EXERCITO VERMELHO DO PT " com 3 mil integrantes ocupou em torno do Centro Administrativo ,montando barracas e tendas .
              Grande parte das áreas verde em torno do CAB foram destruídas , foram instalados 30 banheiros químicos , o Governador Jaques Wagner autorizou a Secretaria de Agricultura  (Seagri  ) a dar diariamente 600 quilos de carne para o seus companheiros do MST .
               Segundo as lideranças do EXERCITO VERMELHO o governador se propôs a instalar  oito escolas e fortalecer a assistência técnica  nos assentamentos , além de mais verba para a reforma agrária do Estado da Bahia . 
            

             Segundo dados  do próprio MST , existiam até o ano de 2005 , 160 mil alunos aprendendo nas escolas dos assentamentos , que uma reforma agrária so é possível  através da luta . O aprendizado pedagogo é todo ele criado nos assentamentos com grande influencia de seus lideres , crianças sendo preparadas para uma luta armada , educadas para odiar todos aqueles que se opõem a causa dos seus lideres . 
               Ao final das aulas os alunos fazem o seu grito de guerra : "Traga a bandeira de luta /Deixe a bandeira passar / Essa é a nossa conduta /Deixe fluir para mudar ". 
               A bandeira que as crianças se reverem não é o símbolo nacional,  mais sim a bandeira do EXERCITO VERMELHO -MST .         

               Nós cidadãos contribuinte e eleitor , alimentamos esse EXERCITO VERMELHO  do PT , alimentamos uma ideologia de TERRORISMO para beneficiar políticos corruptos .  Grande parte desse contingente que se diz agricultores sem terra , não sabe como plantar um pé de banana . 
                        
                              SE LIGA BRASIL
                       POLÍTICO BOM É POLÍTICO PRESO