Translate

terça-feira, janeiro 04, 2011

O que e isso companheiro!

TAVARES-FALATUDO


  Em uma entrevista ao programa  CANAL LIVRE na Bandeirantes ,  ano passado o Presidente Lula cara de pau  , disse para os entrevistadores que a  ministra Dilma não sei de nada  ,atual presidente tupiniquim
, já tinha perdoado os seus torturadores , que não guardava  nenhum rancor  . E disse mais ; " Vocês terão uma grande surpresa com  Dilma " . Ao assumir a sua pasta a Ministra Maria dos Rosários , pediu ao congresso que implemente a comissão da verdade sobre os mortos e desaparecidos durante a ditadura . A presidente ordenou a Ministra para abrir a ferida , a nossa presidente quer sim fazer retaliação , ela quer julgar e condenar os milicos envolvidos nas torturas na época da ditadura .  Agora é bom lembrar  que nenhum desses torturadores  ou comandantes das forças armadas , estejam ricos , que as viuvas vivem de uma pensão minguada , que as familias dos soldados que foram mortos pela guerrilha não receberam  indenização . Os guerrilheiros estes sim ficaram ricos em menos de 8 anos , para dar um exemplo o deputado José Genuino amicíssimo da Dilma  não seio de nada , hoje possui uma grande PINACOTECA ( coleção de obras de artes ) avaliada em  R$ 5 milhões , é como ele muitos outros ficaram ricos , a nossa presidente ate hoje não disse o paradeiro do roubo a casa da amante de Ademar de Barros na qual foram levados  2 milhões de dolares .  A Ministra  Maria dos Rosários deveria pensar nas suas contas que não foram aprovadas pelo TRE ,que impugnou sua candidatura foi salva porque é amiga de Dilma não sei de nada ,e porque temos um  TSE  formado por homens de peso , mais a  peso de ouro.  O  Ministro da Defesa Nelson Jobim já mandou o recado se insistirem na caça as bruxas da ditadura ele entrega o cargo . Mandou bem Ministro.

      PARA LER E REFLETIR;

 Dependendo da fonte histórica consultada, pode-se ficar com a impressão de que a ditadura só queria perseguir e torturar e que os guerrilheiros e terroristas eram apenas estudantes lutando pela democracia. Como em qualquer conjunto de pessoas e organizações houve gente boa e ruim.


Basta pesquisar um pouco mais para perceber que simplesmente é mentira que muitos dos guerrilheiros lutavam por “democracria e justiça”. Queriam eles mesmos trocar a ditadura militar de direita por uma ditadura socialista. Uma Cuba em grande escala. Nos ultimos anos, seja em busca de um “reconhecimento de passado heroico” ou indenizações milionárias mesmo tenta-se apenas contextualizar a barbárie e o crime sob uma luz espetacular de “luta pela democracia”. Uma inversão da verdade tão barbara e desmedida quanto devolver boxeadores cubanos a um ditador e recusar-se a devolver um terrorista condenado a uma democracia plena e sua justiça. É mais ou menos como na TV: “Reescrevendo a História”. Fidca comprovada assim a tese de que a primeira fatalidade da guerra foi a verdade. E  dos dois lados. E o povão ficou no meio de novo…  Para ler um lado da história, “Brasil Nunca Mais” e a obra de Elio Gaspari são muito importantes.. Para ler sobre o outro, “A verdade sufocada” e o projeto “ORVIL” são fundamentais.
Tanto de um lado da história quanto do outro, chega a dar saudade de um tempo onde empresários faziam caixinha secretamente para armar a política política na guerra contra os “subversivos” (OBAN – Operação Bandeirante) e não para bancar candidatos ou eleições (até porque eleição mesmo o Brasil demoraria um bom tempo a ver).
Sugestões para exposições e atrações que poderiamos ver em 2010 (afinal temos que rir um pouco da desgraça)
Seria interessante continuar dando vida ao Memorial e criar exposicoes temáticas do tipo “antes e depois”, onde poderia se mostrar por exemplo a trajetória de Zé Dirceu, Carlos Minc, Dilma, Genoino…
Zé Dirceu por exemplo fez várias plásticas e foi um dos presos trocados durante o sequestro de do embaixador americano (retratado no livro/filme “QUe é isso Companheiro) conhecido na clandestinidade pelo codinome de “Daniel”. Outro participante ilustre desse sequestro foi o guerrilheiro de codinome “Waldir” ou “Comprido” (hoje conhecido como Franklin Martins)
Dima (a guerrilheira Estela) por exemplo foi a lider da quadrilha que roubou um cofre (recheado com alguns milhoes em “recursos não contabilizados”) que pertencia a Ademar de Barros. Nessa ação, em outubro de 1969 o guerrilheiro de codinome Orlando (Carlos Minc) dirigia o carro que levou o cofre onde supostamente haveria 2 milhões de dólares (que hoje nao sustentariam nem um “mensalinho "
   Me apresente um general que esteja realmente RICO ?

 SE LIGA BRASIL     POLÍTICO BOM É POLÍTICO PRESO